quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Palestra de Alexandre L'Omi L'Odò na Calourada 2017.2 da UNICAP

Palestra de Alexandre L'Omi L'Odò na Calourada 2017.2 da UNICAP


Sexta não somente dia de cerveja, mas de palestra pesada e erupção intelectual na Calourada da UNICAP 2017.2. O papo é sobre religião, por que religião se discute sim!



Estarei eu, o professor Gilbraz Aragão e o Mestre em ciências da religião Mailson Cabral realizando uma palestra do tipo que vai fazer a sexta de todas e todos muito crítica e cheia de grilos e erupções do pensamento, prometendo destroçar o senso comum das coisas... Tenho até medo ahhahhaha 



Vamos celebrar. Chega mais. Vai ser bonito!!

Local: Auditório o Bloco G1 às 19h. Nesta sexta 18 de Agosto. 

Vem timbora que depois vamos beber cerveja e dançar um Coco pisado no massapê.



Alexandre L'Omi L'Odò
Quilombo Cultural Malunguinho
alexandrelomilodo@gmail.com

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Palestra Malunguinho, líder do quilombo do Catucá


Palestra Malunguinho, Líder do Quilombo do Catucá

Por convocação do professor Rodrigo Correa, o historiador e mestrando em Ciências da Religião Alexander L'Omi L'Odò, o Prof. Dr. Marcus Carvalho e o historiador João Monteiro foram convocados à realizar uma palestra no próximo dia 21 de Agosto de 2017 na EREM Cândido Duarte, em Apipucos/Recife. 

O objetivo deste momento de troca de saberes entre pais, mães, gestores e gestoras, alunos e alunas, tem como meta despertar e fortalecer a identidade da Escola, no sentido de dar força a uma missão muito importante, a efetivação no currículo da lei 11.645/08 com toda comunidade escolar. A Cândido Duarte, primeira escola brasileira a ter um pé de Jurema plantado oficialmente em seu espaço interno, é protagonista de muitas atividades importantes entorno da figura histórica Malunguinho entre outras ações como a Semana do Meio Ambiente, Semana da Consciência Negra, plantio do baobá, etc. tem realizado nos últimos anos, muitas ações de repercussão importante na luta pelos direitos humanos e respeito à diversidade. 

Há uma proposta vigente de mudança de nome da escola. A sugestão geral é que ela seja a primeira escola no Brasil a se chamar EREM Malunguinho, como forma de homenagear esta importante figura da luta por liberdade de negros e indígenas de Pernambuco. Este processo está em andamento com a colaboração externa do QCM - Quilombo Cultural Malunguinho, e deve ter conclusão após todo o ciclo de debates, votação e aceitação da comunidade escolar, que já se demonstra simpatizante total, e com entendimento da importância desta mudança de nome e paradigma. O simbolismo dessa ação tem em vistas valorizar personagens históricos negros de importância na história do país, além de contribuir na luta contra a invisibilidade de heróis negros e negras na história, na luta contra o racismo, no fortalecimento da identidade afrodescendente dos membros da instituição etc.

A presença do Prof. Dr. Marcus Carvalho será um espetáculo à parte. Ele é o maior conhecedor da história do Quilombo do Catucá e da luta negra na primeira metade do século XIX que há. Professor titular de história da UFPE, tem feito grandes pesquisas entorno do processo da escravidão no "Atlântico Negro".

Contamos com a participação de todas e todos em nossa atividade dia 21/08 às 13h30. Venham e vamos trocar e fortalecer saberes negro indígenas.

Alexandre L'Omi L'Odò
Quilombo Cultural Malunguinho 
alexandrelomilodo@gmail.com

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Aniversário de 30 anos de Alexandre L'Omi L'Odò


Aniversário de 30 anos de Alexandre L'Omi L'Odò

É com muita honra que cheguei até aqui. 30 anos de estrada. 30 anos de lutas bem sucedidas e outras nem tanto... Contudo sou feliz na adversidade! Como herdeiro da senzala, nunca me neguei a lutar par reverter esse  meu/nosso forçado lugar de subalternidade, mas a luta continua, e não sou de desistir fácil de nada, sou resiliente por que aprendi a ser assim com meus mais velhos na Jurema e no Axé!

Sou leonino, filho de Oxum... Imagina o estrago rsrsrsrs. Sou da Jurema, filho de Malunguinho, lutador e sonhador. Sou leão do Norte, não nasci pra temer, até por que temer não faz meu gênero, eu grito logo #ForaTemer!

Convido meus amigos e amigas para celebrar a vida comigo. Entendo que essa existência na terra passa muito rápido. Sendo assim, qualquer motivo que tivermos para nos alegrarmos junto com os amigos e migas se faz necessário e pauta primeira na ordem dos dias. 

Venham vibrar comigo na pisada do coco. O coco é minha alma! Nasci coquista, assim como nasci juremeiro. Como meu pai Paulo Braz Ifátòògùn dizia "quem é bom j´nasce feito, e quem quer fazer não pode"! Entendo o que ele me dizia... Ele nos dizia na verdade, pois Pai Paulo falava pro universo... 

A sambadinha do véio será às 19h aqui em minha humilde casa. Venham e vamos cantar e tocar para esquentar a alma e aconchegar nossos caminhos de vida juntos. Quero ampliar no dia de hoje o nosso amor coletivo, quero mesmo é cair nos braços da felicidade. Vem comigo, aproveita essa promoção!

Alexandre L'Omi L'Odò
Aniversariante do 08/08
30 anos no leite!
Axé e salve a fumaça!

Inscrições para a 1° Feira Colaborativa da Jurema Sagrada no Kipupa Malunguinho 2017


Inscrições para a 1° Feira Colaborativa da Jurema Sagrada no Kipupa Malunguinho 2017

O Quilombo Cultural Malunguinho, propõem pela primeira vez a realização de uma feira colaborativa dentro do Kipupa Malunguinho, como forma administrar e organizar o que já vinha acontecendo em anos anteriores, com artesãos e artesãs que vão espontaneamente ao evento e vendem seus produtos livremente.

A Feira, terá como objetivo apresentar uma diversidade de produtos ligados à Jurema, como ervas, artefatos religiosos, roupas, colares, instrumentos, cachimbos, e todo tipo de artesanato ligado ao imaginário afro indígena, com intuito de fortalecer a nossa identidade e contribuir no crescimento de investimentos em projetos negros indígenas no mercado de artesanato.

Serão 10 bancas, distribuídas entre dez grupos ou coletivos que irão pagar um valor simbólico de 75 reais pelo aluguel de uma banca, para exporem seus produtos. As vendas poderão ser feitas em dinheiro e também em cartão de crédito, para facilitar o fluxo e o acesso aos produtos pelo público.

Os interessados e interessadas em expor seus artesanatos, por favor preencher o formulário abaixo para ser submetido a análise do coletivo e posteriormente selecionado ou não. Prezaremos pela diversidade de produtos na feira, tendo como critério de análise a diversidade e o pertencimento afro indígena dos artesãos e dos produtos.

Salve a fumaça e vamos fortalecer a nossa luta negro indígena. O Mercado do Negro e do Indígena tem que ser valorizado. Essa é nossa missão!

Prazo para inscrição: 05 de Setembro de 2017

Resultado dos selecionados: 08 de Setembro de 2017

Contato: 81 99525-7119 (Tim e zap)

Sobô Nirê Mafá!



Alexandre L'Omi L'Odò
Quilombo Cultural Malunguinho
alexandrelomilodo@gmail.com

1° Kipupinha Malunguinho


1° Kipupinha Malunguinho

Enfim, vamos realizar um antigo sonho... Fazer dentro do Kipupa Malunguinho, o Kipupinha, um espaço infantil e lúdico dos saberes da Jurema para todos e todas juremeirozinhos e juremeirazinhas e crianças de todas as tradições.

Esse espaço, foi pensado para dar atenção especial na formação afro indígena, na auto-estima e fortalecimento da identidade de nossas crianças de terreiro. No evento, a cada ano, mais e mais crianças participam e adoram vivenciar este dia de celebração com muita energia e troca de saberes na Mata Sagrada. Portanto, ter um espaço especial lúdico e bem cuidado para estes e estas crianças se fez necessário, pois temos que cuidar de nossas sementinhas e de nosso futuro com muito zelo e afeto.

Esse foi um bom recado de Malunguinho, que nos orientou a iniciar um processo de formação dessas crianças, divertindo elas e trazendo os pais e mães para perto deste processo de empoderamento em nossas raízes religiosas e culturais. A Jurema mandou, os caboclinhos aprovaram, os erês adoraram, e vamos fazer uma linda festa para os herdeiros de nossas belezas e sensibilidades espirituais.

Essa atividade é uma elaboração coletiva do Quilombo Cultural Malunguinho, o Ilê Axé Orixalá Talabí (realizador do 1° Encontro Nacional de Crianças de Axé) e do Caçando Estórias.

PROGRAMAÇÃO DO 1° KIPUPINHA MALUNGUINHO
24 de Setembro de 2017

10:30h – Cortejo com cestinhas de oferendas para as matas sagradas.

14:00 – Abertura do Espaço do Kipupinha Malunguinho com a atividade do Caçando Estórias – Kemla Baptista (contação de histórias da Jurema).

14:30 – Vivência para Construção coletiva do Painel Lúdico Educativo dos Reis Malunguinho e brincadeiras.

15:30 – Apresentação das Crianças da Jurema e do Painel de Reis Malunguinho no Palco Principal do Evento.

16:00 – Distribuição do Tradicional Cosme e Damião para as Crianças e brindes.

16:00 ás 17:00 – Abertura do Parquinho para Recreação.

Sobô Nirê Mafá!

Salve as crianças!

Alexandre L'Omi L'Odò
Quilombo Cultural Malunguinho
alexandrelomilodo@gmail.com

Vídeos Negros nossos!!

Loading...

Quilombo Cultural Malunguinho

Quilombo Cultural Malunguinho
Entidade cultural da resistência negra pernambucana, luta e educação através da religião negra e indígena e da cultura afro-brasileira!