quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Mãe Stella de Oxóssi, 70 anos de iniciação e resistência.

Faráimará aráyè!
"Àsèsè mo jubá. Ode Arolé lo bí wá"
(Origem das origens, lhe apresento meu humilde respeito. Oxóssi nos trouxe ao mundo.)

Comemorações dos 70 anos de iniciação da sacerdotisa Maria Stella de Azevedo Santos, a Mãe Stella de Oxóssi, contará com ortoga do título de Doutora Honoris Causa pela UNEB, inauguração de uma praça no Afonjá com seu nome e Xirê ao seu Orixá no dia 12/09.

Sem dúvidas este é um momento singular na vida de um iniciado. Completar 70 anos vivendo para o axé é vitória de poucos, é uma virtude apenas de pessoas que tem como princípio de vida a dignidade e a luta pela memória de seus ancestrais.
Mãe Stella de Oxóssi, uma mulher guerreira, inteligente, sábia e exelente sacerdotisa, que por 33 naos rege com destreza e grandiosidade o Axé Opô Afonjá, na rua Direita de São Gonçalo 557- são Gonçalo do Retiro, Salvador BA. Cep: 40301-155.

Iniciada em 1939, com 14 anos de idade, a menina Stella percorreria uma longa trajetória de formação da individualidade e identificação com seu Orixá guia. Logo receberia uma formação sólida através dos cuidados e ensinamentos de sua querida iyalorixá Mãe Senhora de Oxum.

Os longos anos de dedicação ao axé serviram mais tarde de esteio para sua especial vocação de iyalorixá da comunidade-terreiro do Afonjá.

na vida exemplar de Mãe Stella de Oxóssi podemos contemplar o sonho da fundadora e eterna inspiradora Mãe Aninha de Afonjá.

A programação das comemorações dos 70 anos de iniciação de Mãe Stella acontecerão no Afonjá e se iniciam:

Dia 10/09- às 9h e 30min. Outorga do Título de Doutora Honoris Causa pelo UNEB;
Dia 12/09- às 9h. Inauguração da Praça Mãe Stella de Oxóssi (Afonjá);
Dia 12/09- 19h. Xirê para Oxóssi no barracão de festas do Afonjá.

"Salve Oxóssi, salve Mãe Stella, estrela nossa a mais singela!" Marcos Sentana.

Tive oportunidade de conhecer esta sacerdotiza pessoalmente. Ela com sua sagacidade e humor sóbrio me encantou falando que "para o povo de terreiro as coisas tem que ser de alto nível, tem que ser de qualidade", quando perguntei sobre a programação do Alaiandê Xirê em 2005 numa manhã no Afonjá.
Neste mesmo dia conhecí Ildásio Tavares, ogan, acadêmico e um amante do axé, que com uma bela palestra sobre o poder da mulher no candomblé citou belos Itans de Oxóssi, e um orikí que jamais esqueço: "Odé k'omo Odé... O caçador que não é filho de caçador...", querendo dizer que oxóssi é a própria essencia da caça, pois não aprendeu com ninguém, ele é a caça, o espírito puro da caça. E estes conhecimentos me fizeram rever a língua e rever-me como também amante de Oxóssi, um orixá essencial no panteão dos Orixás.

Seus livros tenho alguns. em especial o "Owè" Provérbios, que ganhei de presente, em uma boa intenção de Rita Honotório em 2007...

Os demais títulos entrarão em breve em minha biblioteca particular de livros do axé, e sem dúvidas, da mesma forma que tenho o lívro de Maria Bibiana do Espírito Santo, Mãe Senhora: saudade e memória; organizado por José Félix dos Santos e Cida da Nóbrega- Salvador: Currupio, 2000. Os livros de Mãe Stella tem um espaço muitíssimo especial no meu coração, pois com eles aprendo como um sacerdote deve cumprir sua missão, sua história, fazer sua história de verdade.

Dedico este cântico para homenagear seus 70 anos de axé:

É Bariká
É Bariká
Olorun fè Malè
É Bariká!

(parabens, homenágem honrosa em yorùbá. Cântico entoado nos cultos do Xangô de Pernambuco).

O doutor Ildásio Tavares (Obá de Xangô) escreveu uma poesia para ela, e faço das palavras dele as minhas neste momento.

Reinará serena e forte
Em uma mão o Ofá,
Noutra o Oxê.
Filha de Oxóssi.
Eleita de Xangô,
Serena e Forte
Reinará.

Luz e marco
Fogo e arco
Estrela e guia
Dando rumo certo do barco.

Ildásio Tavares.
23/03/1976.

Imagem de: Diene Queiroga(Ofá de Logunedé). linc original da imagem: http://ferramenteira.wordpress.com/2008/08/16/ofa-de-logun-ede/

Este linc: http://wm.globo.com/webmedia/windows.asx?usuario=ibahia&tipo=ondemand&path=/programastv/redebahiarevista/rbr_0906_01.wmv
Tem uma matéria muito bonita realizada pela Rede Bahia Revista, com entrevistas e imagens lindas da matriarca do Brasil. Neste vídeo, Mãe Stella revela que gostaria que o mundo todo e todas as religiões comemorassem com ela este dia!

Alexandre L'Omi L'Odò.
Iyawó L'Osún.
Juremeiro.
Feliz por estar vivo nesta época!
alexandrelomilodo@gmail.com

Nenhum comentário:

Vídeos Negros nossos!!

Loading...

Quilombo Cultural Malunguinho

Quilombo Cultural Malunguinho
Entidade cultural da resistência negra pernambucana, luta e educação através da religião negra e indígena e da cultura afro-brasileira!