sábado, 5 de dezembro de 2009

Loas a Edvaldo Eustáquio Ramos

Fotos: Acervo do Dep. Estadual Isaltino Nascimento- PT

****

Escrito por Isaltino Nascimento
01-Dez-2009

O advogado e procurador federal Edvaldo Eustáquio Ramos será agraciado pela Assembléia Legislativa com Medalha Leão do Norte, Classe Ouro, Mérito Zumbi dos Palmares, em sessão solene que acontece nesta quarta-feira, no Palácio Joaquim Nabuco. A indicação para a comenda – feita por meio de projeto de resolução de minha autoria – foi acolhida pelos parlamentares da Casa de Joaquim Nabuco pela extraordinária história de vida deste homem que é o mais antigo militante do movimento negro no Estado.

Edvaldo Eustáquio começou a atuar nesta seara na década de 60, assinando uma coluna permanente no extinto jornal Diário da Noite, na qual escrevia sobre religiosidade e cultura afro-brasileira. Foi neste período, que junto com Paulo Viana e Badia, colaborou na criação da Noite dos Tambores Silenciosos.

Daí em diante, acumulou um vasto currículo de atividades, das quais vou listar algumas. Na década de 70, criou e manteve o Espaço Cultural Gafieira Pedra no Sapato, no Jiquiá, promovendo apresentações de capoeira, maculelê, samba e difundindo a culinária regional.

Em 1978, criou e integrou o Movimento Negro no Recife, ao lado de nomes como Inaldete Pinheiro, Jorge Morais, Tereza França, Sílvio Ferreira, João Baptista Ferreira, Laurinete Santana, Pedro Cavalcanti, Pedro Nepomuceno e Djalma Albuquerque. Foi nesse período também que editou o Jornal Angola – junto com Jorge Morais e Ivan Maurício –, informativo sobre a cultura afrobrasileira.

Foi também presidente do Centro Cultural Afrobrasileiro, integrante da Frente Negra Pernambucana – fundada pelo poeta e escritor Solano Trindade e pelo professor José Vicente Lima. Tendo passado ainda pela presidência da União das Escolas de Samba de Pernambuco, da Comissão de Carnaval do Pátio do Terço e Conselho Municipal de Cultura.

Além disso, é benemérito de diversas agremiações carnavalescas, entidades de religião de matriz africana, da Federação Espiritista de Pernambuco e da Confederação de Umbanda do Brasil, sócio fundador do Afoxé Alafin Oyó e criador do Baile Perfumado do Recife.

Aos 75 anos, Edvaldo Eustáquio continua firme em sua militância, na presidência da Casa de Badia, nascida de suas mãos, na qual preserva a memória da saudosa carnavalesca.

Quem goza da amizade do ilustre militante do movimento negro sabe ainda que se trata de uma pessoa sensível, inteligente, de educação primorosa, boa conversa e admirado pela sua fortaleza de espírito.

Assim, é merecedor da Medalha Leão do Norte, Classe Ouro, Mérito Zumbi dos Palmares. Que simboliza a liberdade e os direitos dos afrodescendentes e é oferecida anualmente às pessoas que são expoentes do segmento negro em Pernambuco ou que trabalham em defesa desta população.

Artigo publicado às 17h15 em 01/12/09 no Blog de Jamildo(www.blogdejamildo.com.br), espaço no qual o deputado escreve todas às terça-feiras

Dr. Edvaldo Ramos junto a celebridades premiadas. Entre eles, o cantor Lenine

________________________

Republico aqui texto escrito pelo Dep. Estadual Isaltino Nascimento em seu site: www.isaltinopt.com.br

Todos os méritos à Edvaldo Ramos, este homem que pensou e ainda constrói junto a nós um mundo melhor e sem racismo.

À ele dedico o maior respeito!

Obrigado Dep. Isaltino Nascimento por mais este reconhecimento a uma pessoa de valia para nosso estado. Salve!

Alexandre L'Omi L'Odò.

Quilombo Cultural Malunguinho.

Nenhum comentário:

Vídeos Negros nossos!!

Loading...

Quilombo Cultural Malunguinho

Quilombo Cultural Malunguinho
Entidade cultural da resistência negra pernambucana, luta e educação através da religião negra e indígena e da cultura afro-brasileira!