quarta-feira, 2 de junho de 2010

Filme/documentário "Galo Preto, O Menestrel do Coco" premiado no Curtamazônia 2010

O filme/documentário "Galo Preto, o Menestrel do Coco" 47'min. de Wilson Freire, foi premiado no Curtamazônia 2010.


Vencedor do prêmio SGC-REDE TV RONDÔNIA E DIÁRIO DA AMAZÔNIA, Prêmio especial do júri, o média metragem foi assistido por mais de 1000 pessoas.


PORTO VELHO RESPIROU CINEMA DE 25 À 29 DE MAIO


Porto Velho respirou Cinema de 25 À 29 de maio, com filmes inscritos de 19 estados brasileiros, participando e prestigiando com 174 trabalhos inscritos, isso demonstra resultado positivo para Rondônia, porque, o Festival leva a imagem positiva de um Estado que num passado recente foi massacrado pela grande mídia nacional, em função de situações políticas desagradáveis, mais hoje Rondônia vive um outro ciclo, o ciclo da esperança e dos sonhos. Pensando nesse sentido, é que estamos buscando investimentos fora do Estado, para podermos propiciar e realizar atividades culturais, através do Cinema, e estarmos contribuindo para a difusão do Cinema Nacional, propiciando também maior visibilidade aos realizadores alternativos e independentes de cinema e vídeo desse imenso País e de Rondônia.


Podemos afirmar também que o mais novo empreendimento cultural de Rondônia está se firmando e já começa com força total em nossa cidade de Porto Velho, contribuindo e fazendo parte de nossa história de Rondônia e do Brasil.


CONHEÇA O RESULTADO DA PREMIAÇÃO DA MOSTRA COMPETITIVA E DA PREMIAÇÃO ESPECIAL:


PREMIAÇÕES ESPECIAIS:


1) O PRÊMIO SINJOR/RO - JÚRI DA CRÍTICA VAI PARA: “AVE MARIA OU MÃE DOS SERTANEJOS”, direção Camilo Cavalcante, de Pernambuco


2) O PRÊMIO “AMAZONSAT “- JÚRI POPULAR VAI PARA: “DOIDO LELÊ”, direção de CECI ALVES, DA BAHIA.


3) O PRÊMIO ABD RONDÔNIA DO JÚRI TÉCNICO: MELHOR TRILHA MUSICAL VAI PARA: “VESTÍGIOS DO TEMPO”, DO DIRETOR DO FILME RONALDO ADRIANO, E O PRODUTOR DA TRILHA MUSICAL DE EDUARDO OLIVEIRA (KADU) MATO GROSSO.


4) O PRÊMIO ABD NACIONAL DO JÚRI TÉCNICO: MELHOR MONTAGEM VAI PARA: O FILME “PORNOGRAPHICO”, DOS DIRETORES HAROLDO BORGES E PAULA GOMES, CUJO MONTADOR DO FILME É HAROLDO BORGES DA BAHIA.


5) O PRÊMIO “TV RONDÔNIA” DO JÚRI TÉCNICO: MELHOR DIREÇÃO DE ARTE VAI PARA: O FILME DOSSIÊ RÊ BORDOSA, DO DIRETOR DE ARTES DANIEL BRUSON, DE SÃO PAULO.


6) O PRÊMIO FECOMÉRCIO - “MELHOR PRODUÇÃO AMAZÔNICA” VAI PARA: “AOS TRANCOS E BARRANCOS”, DE NEY RICARDO DO ACRE E “E O QUE NOIS RAMÚ CÚME?, DE DANIEL LUIZ BATISTA, DO AMAZONAS.


7) O PRÊMIO GOVERNO DE RONDÔNIA – “PRÊMIO INCENTIVO” VAI PARA: “UM OLHAR SOBRE O PROGRESSO”, DIREÇÃO DE MARIVALDO LAGO, NOVA MAMORÉ/RO.


PREMIAÇÃO DA MOSTRA COMPETITIVA:


A) MELHOR DOCUMENTÁRIO: “NÚMERO ZERO”, DIREÇÃO CLÁUDIA NUNES, DO ESTADO DE GOIÁS.


B) MELHOR ANIMAÇÃO: “DOSSIÊ RÊ BORDOSA”, DIREÇÃO CÉSAR CABRAL, DO ESTADO DE SÃO PAULO.


C) MELHOR FILME AMBIENTAL: “OLHAR DE JOÃO”, DIREÇÃO MARILEY CARNEIRO, DO ESTADO DE GOIÁS


D) MELHOR FICÇÃO: “BREVE PASSEIO”, DIREÇÃO RAFAEL JARDIM, DO ESTADO DA BAHIA.


E) MELHOR EXPERIMENTAL : “1:21”, DIREÇÃO ADRIANA CÂMARA, DO ESTADO DE PERNAMBUCO


F) MELHOR FILME INSTITUCIONAL: “DIAS DE CAIÇARA”, DIREÇÃO LUIZ SCARABEL JUNIOR, DO ESTADO DE SÃO PAULO.


G) PARA MELHOR DIREÇÃO: CÂNDIDO ALBERTO DA FONSECA, DE MATO GROSSO SUL, COM O FILME: “BETO LIMA – O INTÉRPRETE DAS FLORES”.


H) PARA MELHOR ATOR O VENCEDOR É: FERNANDO NEVES, DE PERNAMBUCO, COM O FILME: “PORNOGRAPHICO”, DIREÇÃO HAROLDO BORGES E PAULA GOMES.


I) PARA MELHOR ATRIZ – A VENCEDORA É: PAULA BRAUN, DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, COM O FILME: “MARIDOS, AMANTES E PISANTES”, Direção Ângelo Defanti.


J) MELHOR ROTEIRO: “NINHO DOS PEQUENOS”, DIREÇÃO ULISSES COSTA, DO RIO GRANDE DO SUL.


J) PARA MELHOR FOTOGRAFIA – O VENCEDOR É O FILME: AVE MARIA OU MÃE DOS SERTANEJOS, DE CAMILO CAVALCANTE DE PERNAMBUCO.


K) O PRÊMIO SGC-REDE TV RONDÔNIA E DIÁRIO DA AMAZÔNIA - PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI: “GALO PRETO. O MENESTREL DO COCO”. DIREÇÃO WILSON FREIRE, DE PERNAMBUCO.



L) E A MENÇÃO HONROSA “ELETROSUL” VAI PARA: “OS ANJOS DO MEIO DA PRAÇA”, DE ALÊ CAMARGO E CAMILA CARROSSINE, DE SÃO PAULO.


M) O GRANDE VENCEDOR DO 1º FESTIVAL DE CINEMA CURTAMAZÔNIA ESCOLHIDO POR UM JÚRI EQUILIBRADISSIMO, MELHOR FILME PRÊMIO BNDES: “AVE MARIA OU MÃE DOS SERTANEJOS”, DO DIRETOR CAMILO CAVALCANTE, DO ESTADO DE PERNAMBUCO, LEVA O TROFÉU TRÊS CAIXAS D´ÁGUA, SIMBOLO DE NOSSA CIDADE PORTO VELHO, QUE REPRESENTA O 1º FESTIVAL DE CINEMA CURTAMAZÔNIA.


O Festival de Cinema Curta Amazônia é feito por gente super bacana, entidades privadas e públicas, empresas e empresários, imprensa regional e nacional que apostam na diversidade cultural nesse País Plural, e sem eles não seria possível transformar este sonho em realidade. Estes são os nossos patrocinadores, apoiadores e realizadores oficiais, se você não tiver aqui, esperamos que no próximo ano venham prestigiar e participar diretamente desse novo empreendimento cultural aqui em Rondônia.


O BNDES APRESENTOU O FESTIVAL DE CINEMA CURTA AMAZÔNIA


Patrocionadores Culturais:


Eletrobrás - Eletrosul / Governo Federal

Fundo Nacional de Cultura/Secretaria do Audiovisual/Ministério da Cultura


Apoiadores Culturais:


CTAV/Sav/Ministério da Cultura /Governo Federal

Secel /Governo de Rondônia

Fecomércio/RO – SESC, SENAC

Maporé

SISTEMA GURGAZC: REDE TV RONDÔNIA E DIÁRIO DA AMAZÔNIA

TV RONDÔNIA E O AMAZONSAT DA REDE AMAZÔNICA DE TELEVISÃO – ANTÔNIO CAMPANARI, NONATO NEVES, PABLO MEDINA E EQUIPE.


TV ALLAMANDA, SBT.

FOLHA DE RONDÔNIA


Apoios Institucionais:


ABD/RO – Luiz Brito/Presidente

ABD Nacional – Solange Lima/Presidente

Iphan/RO/Governo Federal

Senadora Fátima Cleide

Vereador Jaime Gazola

AQUI Publicidade

Sinjor/RO

Site O Observador

Jornal Eletrônico Rondoniaovivo/Paulo Andreoli e Marcos Souza e Equipe.


Apoio da Mídia:


COLUNA DO ZECATRACA, GENTE DE OPINIÃO, COLUNA ALAN ALEX, BLOG DO SERGIO RAMOS, BLOG 24 QUADROS, PROGRAMA CLOSE, PROGRAMA VIVA PORTO VELHO, JORNAL ONORTÃO, NORTFEST, PORTALRONDÔNIA, TUDORONDÔNIA, RONDONOTICIAS, ÚLTIMA HORA, E A IMPRENSA RONDONIENSE E NACIONAL.


Realização:


Associação Curta Amazônia


No encerramento, Carlos Levy afirmou: “Quero primeiro agradecer à Deus, e à todos os colaboradores que estiveram presentes nesse 1º FESTIVAL DE CINEMA CURTAMAZÔNIA, as escolas públicas e privadas convidadas, do técnico ao mais simples funcionário das Instituições que nos apoiaram, e com a Benção de Deus, iremos muito em breve, levar a MOSTRA CURTAMAZÔNIA ITINERANTE à todos do Estado de Rondônia, nos 52 municípios, além da meta de levar à Bolívia e ao Peru, unificando e integrando nossa fronteira através da cultura cinematográfica.


Agradecer aos nossos convidados pela paciência e atenção dispensada. O nosso muito obrigado!. Aos parceiros de primeira hora, e afirmar que o CURTAMAZÔNIA está pronto prá seguir o seu caminho que é a DIFUSÃO DO CINEMA BRASILEIRO, dando mais oportunidade e abrindo mais janelas de exibições para os realizadores anônimos desse imenso País. O CURTAMAZÔNIA tem a proposta de levar os filmes nacionais aos brasileiros e amazônidas que somos. O nosso muito obrigado à todos. VIVA RONDÔNIA! VIVA O CINEMA NACIONAL! E VIVA O CURTAMAZÔNIA!”.


“CURTAMAZÔNIA – Cinema da Amazônia para o mundo!”

FONTE: ASSESSORIA


Post original:
www.curtamazonia.com

Alexandre L'Omi L'Odò
Produção do Mestre Galo Preto

81 8887-1496

Nenhum comentário:

Vídeos Negros nossos!!

Loading...

Quilombo Cultural Malunguinho

Quilombo Cultural Malunguinho
Entidade cultural da resistência negra pernambucana, luta e educação através da religião negra e indígena e da cultura afro-brasileira!