terça-feira, 21 de setembro de 2010

Resultado do Mapeamento dos Terreiros sai nesta quarta, dia 22 de setembro na FUNDAJ no Derby

Resultado do Mapeamento dos Terreiros de Candomblé, Jurema e Umbanda de Pernambuco será entregue a sociedade nesta quarta feira dia 22 de Setembro de 2010.

A “Pesquisa Socioeconômica e Cultural de Povos e Comunidades Tradicionais de Terreiro” é uma iniciativa do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR) e da Fundação Cultural Palmares/MINC em acordo de cooperação com a UNESCO (Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e a Cultura). A Associação Filmes de Quintal, Associação sem fins lucrativos sediada em Minas Gerais, foi a executora do projeto, tendo sido habilitada no edital público de nº 0173/2009, Projeto 914BRA3026.

A pesquisa teve como objetivo o mapeamento e o levantamento de informações socioeconômicas e culturais, com foco em questões de segurança alimentar e nutricional, das comunidades tradicionais de terreiro e de seus entornos. O trabalho, de abrangência nacional, foi realizado nas Regiões Metropolitanas de Belo Horizonte (MG), Belém (PA), Porto Alegre (RS) e Recife (PE) visando coleta de dados e produção de conhecimentos específicos acerca dessas comunidades.

Nesse sentido, a consecução desta iniciativa tem como expectativa política e social a construção de ações estruturantes entre os governos federal, estaduais e municipais que reconheçam, respeitem e promovam a cidadania para as comunidades de terreiro no Brasil.

Mapa da Região Metropolitana do Recife

O trabalho desenvolvido em Recife e Região Metropolitana teve início no mês de maio e se estendeu até a data de 31 de agosto. Uma equipe de 17 pesquisadores, formados em sua maioria por membros dos terreiros, mas também por estudantes universitários, percorreu as 14 cidades que formam a área metropolitana pernambucana (Recife, Jaboatão do Guararapes, Olinda, Paulista, Abreu e Lima, Igarassú, Camaragibe, Cabo de Santo Agostinho, Ipojuca, Moreno, Itapissuma, Araçoiaba, Ilha de Itamaracá e São Lourenço da Mata) localizando, pesquisando e fotografando esses espaços religiosos. No total foram visitados mais de 1500 endereços localizando-se mais de 1300 terreiros em atividade na região. Esse número, claro, não corresponde a totalidade, impossível de ser alcançada, mas já dá uma dimensão da amplitude e força que esses cultos ocupam no universo religioso pernambucano.


É importante destacar o papel protagonista e cooperativo da sociedade civil durante todo o processo. Para além de uma conquista das comunidades de terreiro, durante o trabalho elas puderam participar de maneira ativa a partir da criação de um “Comitê de Acompanhamento” dos trabalhos formado por lideranças religiosas, entidades representativas e gestores que se reunia mensalmente com a coordenação da pesquisa.


O ato do próximo dia 22 de setembro, que contará com a presença de representantes do Governo Federal (MDS e SEPPIR), atores políticos locais, lideranças religiosas, entidades representativas e o “povo de santo” em geral tem como objetivo relatar as etapas percorridas e apresentar à sociedade pernambucana os resultados desse inédito inventário.


SERVIÇO:

Auditório da Fundação Joaquim Nabuco

Rua Henrique Dias, 609 – Derby

Data: 22 de setembro

Horário: 15 hs

Responsável: Rafael Barros (Presidente da Associação Filmes de Quintal e Coordenador dos trabalhos em Recife e RM)

Tel: (81) 9967-0717 / (31) 9624-8813

_______________________________

Alexandre L'Omi L'Odò

Pesquisador do Mapeamento.

alexandrelomilodo@gmail.com

Nenhum comentário:

Vídeos Negros nossos!!

Loading...

Quilombo Cultural Malunguinho

Quilombo Cultural Malunguinho
Entidade cultural da resistência negra pernambucana, luta e educação através da religião negra e indígena e da cultura afro-brasileira!