quarta-feira, 13 de março de 2013

Carta aberta do Quilombo Cultural Malunguinho (QCM) contra o Pastor Marcos Feliciano (PSC)

Quilomo Cultural Malunguinho e diversas entidades de Pernambuco no Memoria Zumbi dos Palmares no fechamento do Ato contra Marcos Feliciano. Foto de Anne Cleide (QCM).

Carta aberta do Quilombo Cultural Malunguinho (QCM) contra o Pastor Marcos Feliciano (PSC)

Nós, membros do Quilombo Cultural Malunguinho (QCM) realizamos hoje, dia 13 de março de 2013 às 17h o Ato contra o Pastor Evangélico, racista, homofóbico e Deputado Federal Marcos Feliciano (PSC-SP), a caminhada teve concentração na Praça Maciel Pinheiro e seguiu seu percurso até o memorial Zumbi dos Palmares, no Pátio da Igreja do Carmo no centro do Recife.

O Ato teve a adesão de diversos movimentos sociais como o Movimento LGBT, Movimento de Mães, Movimento Negro, Juventude LGBT, Quilombo Raça e Classe, Comissão Estadual de Acompanhamento Contra Intolerância Religiosa, Comunidades Tradicionais de Terreiro, Povo da Jurema, o vereador do Recife Raul Jungmann (PPS), o militante político Edilson Silva (PSOL), o também militante Jair Pedro (PSTU) além de cidadãos e cidadãs que se fizeram presentes para protestar coletivamente contra o mandato na Comissão Nacional de Direitos Humanos e Minorias da Câmara Federal do citado Pastor/Deputado.

Considerando que todo Brasil está repudiando veemente a posse deste Pastor/Deputado na Presidência da Comissão de Diretos Humanos e Minorias da Câmara Federal, ficando evidente a impossibilidade deste representar a maioria excluída do país devido às explícitas acusações racistas contra o povo negro da África e consequentemente os afrodescendentes, afirmando estes são amaldiçoados, além de condenar homossexuais, indígenas, Comunidades Tradicionais de Terreiro e outros segmentos, em seus cultos evangélicos, impondo um discurso fundamentalista e radical com base na Bíblia, é que coletivamente o QCM decidiu intervir publicamente nesta luta nacional dizendo NÃO AO PASTOR MARCOS FELICIANO! Portanto, a partir de então estamos nos juntando ao grande movimento nacional contra este absurdo na gestão federal.

Considerando que as discussões sobre direitos humanos durante os últimos anos vêm tendo avanços importantes para nossa sociedade e todos os segmentos tratados erroneamente como minorias, esta “pasta” vem ocupando espaço e difundindo debates fundamentais ao avanço, entendimento e construção de um Brasil sem homofobia, racismo, xenofobia etc. e, sobre tudo, no respeito integral a diversidade religiosa.

Conclamamos a todas e todos que neste momento não nos calemos perante essa situação que é uma ameaça real a laicidade do país, além de consequentemente ser uma tentativa de golpe contra os direitos humanos de todas e todos. Por isso, o Quilombo Cultural Malunginho vem à luz repudiar e chamar os que ainda estão acomodados e que não entenderam as tenebrosas armações na tentativa de criar uma teocracia no Brasil, para que gritem publicamente sua indignação contra o Pastor Marcos Feliciano! Avisamos que se acordem e movam-se. Somos um país laico e, portanto existe espaço para todas as formas e manifestações de fé e cultura, afetividade e ideologias, cabendo o respeito e dignidade aos direitos humanos totalmente garantidos pela nossa constituição.

Fora Marcos Feliciano!
Você não nos representa!

*Texto de Alexandre L'Omi L'Odò e João Monteiro. Coordenação QCM.

Alexandre L'Omi L'Odò
Quilombo Cultural Malunguinho
alexandrelomilodo@gmail.com 

Um comentário:

Lepê Correia disse...

Grande L'omi
muito obrigado por sua intervenção e a de João, em nome do Malunguinho. Precisamos dizer muito mais a Infeliciano e àqueles que ele representa: seus correligionários.
Grande abraço.

Vídeos Negros nossos!!

Loading...

Quilombo Cultural Malunguinho

Quilombo Cultural Malunguinho
Entidade cultural da resistência negra pernambucana, luta e educação através da religião negra e indígena e da cultura afro-brasileira!