domingo, 15 de abril de 2012

Mestre Galo Preto e Dona Selma do Coco homenageados no Carnaval 2012 de Pernambuco

 Mestre Galo Preto e Dona Selma do Coco recebendo os certificados da homenagem no carnaval 2012 de PE. Foto: Arquivo da FUNDARPE.

Mestre Galo Preto e Dona Selma do Coco homenageados no Carnaval 2012 de Pernambuco

No Carnaval 2012, a FUNDARPE decidiu inovar criando um Encontro de Cocos no município de Olinda. Neste 1° Encontro, foram homenageados os dois Patrimônios Vivos de Pernambuco, dois únicos atualemnte neste posto de reconhecimento a representarem o coco estadualmente. O Mestre Galo Preto (www.myspace.com/mestregalopreto) e a Dona Selma do Coco, receberam certificados e homenagem pública em dois palcos criados exclusivamente para o evento, um no Largo do Guadalupe, em frente a Igreja do Guadalupe e outro na Praça do Amaro Branco. Outros artistas do coco cantaram para festejar este momento. Ferrugem, Aurinha do Coco, Coco de Umbigada, Mestre Pombo Roxo, Zeca do Rolete entre outros músicos tocaram nos palcos para reverenciar estes dois grandes idosos.

Dona Selma do Coco cantando sua prosa no palco do Guadalupe. Mestre Galo Preto ao fundo. Foto: Arquivo da FUNDARPE.

O evento, por ter ocorrido pela primeira vez no Carnaval do Estado, teve baixa estrutura que dificultou a apresentação dos artistas e dos homenageados. Acredito que também a histórica falta de atenção e respeito com a cultura popular em Pernambuco tenha sido mais um agravante nessa falta de estrutura geral na realização do evento.

Contudo, acredito ainda que este processo há de melhorar para garantir uma estrutura decente de cachê e de palco para que estes mestres e mestras da cultura brasileira possam na altura avançada de suas idades verem seus belos trabalhos tendo a visibilidade que merece e é devida.

Galo e Selma cantando juntos no palco do Amaro Branco. Foto: Acervo da FUNDARPE.

Mestres recebendo homenagens. Foto: Acervo da FUNDARPE.

O texto dos certificados discorriam assim:

"O Governo do Estado, através da Secretaria de Cultura presta homenagem ao Mestre Galo Preto e a Dona Selma do Coco, Patrimônios Vivos de Pernambuco, durante o Encotnro de Cocos do Carnaval de Pernambuco 2012. Por sua relevante contribuição para o fortalecimento da cultura popular".

Ainda credito fé na inversão deste quadro cruel de desqualificação com a cultura do coco. Creio que devemos continuar discutindo e cobrando do Estado este respeito que é direito nosso! Vi o empenho dos funcionários e funcionárias da FUNDARPE em querer dar o melhor aos mestres, mas ficou difícil com tamanha falta de condições dos palcos e da logistica de produção.

Ao Mestre Galo Preto e a Dona Selma do Coco, devo meu respeito e consideração, e dou meus parabéns pois são grandiosas jóias raras de uma cultura que está sumindo e se descaracterizando a cada dia neste Pernambuco Multicultural...

Mestre Pombo Roxo (no canto a direita) cantando para celebrar o Encontro de Cocos. Foto: Acervo da FUNDARPE.

 Dona Selma do Coco. Foto: Acervo da FUNDARPE.

 Salve a fumaça!


Alexandre L'Omi L'Odò
Produção do Mestre Galo Preto
alexandrelomilodo@gmail.com

Um comentário:

Anônimo disse...

Caro juremeiro Alexandre. Parabéns por todos os trabalhos realizados. Pertenço a um terreiro de candomblé de São Paulo, estudo as religiões afro-brasileiras e gostaria que você lesse o texto que foi publicado (dia 19/04) no blog: sacerdotemedico.blogspot.com.br
O povo do axé precisa dialogar e rever suas posições.
Axé!!!

Vídeos Negros nossos!!

Loading...

Quilombo Cultural Malunguinho

Quilombo Cultural Malunguinho
Entidade cultural da resistência negra pernambucana, luta e educação através da religião negra e indígena e da cultura afro-brasileira!